Federação das Santas Casas, Hospitais e Entidades Filantrópicas do Estado de Santa Catarina

Secretário da Saúde apresenta cronograma para quitar dívidas da cirurgias eletivas de mutirão

Os cerca de 21 milhões de reais em atraso, referentes ao pagamento das cirurgias eletivas de mutirão, deverão ser pagos integralmente até final de fevereiro. Com a proposta feita pelo secretário João Paulo Kleinubing, as entidades AHESC,FEHOESC e FEHOSC, irão recomendar aos gestores hospitalares, que voltem a agendar as cirurgias eletivas de mutirão a partir de fevereiro.
O novo secretário de estado da Saúde, João Paulo Kleinubing, recebeu nesta quarta-feira, dia 14 de janeiro, representantes das três entidades hospitalares: Associação e Federação dos Hospitais de SC e Federação das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos (AHESC-FEHOESC e FEHOSC), para debater a crise enfrentada pelos hospitais pela falta de recursos e atraso nos pagamentos. As entidades apresentaram uma pauta de reivindicações do setor. Durante a reunião, João Paulo Kleinubing apresentou o cronograma de pagamento da dívida do estado junto aos hospitais privados e filantrópicos, que realizaram as cirurgias eletivas de mutirão, mas estão sem receber os pagamentos desde julho de 2014. O total da dívida chega a R$ 21 milhões de reais. O secretário anunciou que no próximo dia 19 de janeiro, serão pagos R$ 6.248.000,00. Outro pagamento de R$ 4.700.000,00 será feito no dia 29 de janeiro. E o valor restante, de cerca de R$ 10 milhões de reais serão pagos até 27 de fevereiro. Com este cronograma o governo zerará os pagamentos em atraso do ano de 2014. O presidente da Associação de Hospitais de SC, Dario Staczuk, destacou que a rede privada e filantrópica tem um papel fundamental junto aos usuários do SUS no estado, atendendo 77% da população. O presidente da Federação dos Hospitais de SC, Tércio Kasten, também destacou o gesto do secretário em chamar as entidades para conversar, “juntos podemos ampliar a parceria com o governo e melhorar sistematicamente a gestão nos hospitais do estado, trazendo resultados positivos para a população catarinense.” Já o presidente da Federação das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos, Hilário Dalmann, acredita que os agendamentos suspensos desde dezembro serão retomados a partir de 02 de fevereiro, “as três entidades irão recomendar aos gestores para que dêem este voto de confiança ao novo secretário, e voltem a agendar as cirurgias a partir do próximo mês.” Durante a audiência o secretário também se comprometeu em estudar a revisão dos valores do Incentivo Hospitalar concedido aos hospitais filantrópicos que não são reajustados desde 2008, além de buscar alternativas para os demais ítens da pauta. João Paulo Kleinubing também confirmou presença na próxima reunião de diretorias das entidades hospitalares que será realizada no dia 20 de fevereiro na capital.

Torne-se um associado da FEHOSC

Você também pode ser um associado da Federação e usufruir das muitas vantagens e benefícios em assessoria e atuação técnica